publication . Master thesis . 2021

Avaliação do impacto das medidas de contenção da transmissão de SARS-CoV-2 na incidência de infeções respiratórias na época 2020-21

Afonso, Carolina de Matos Pombo;
Open Access Portuguese
  • Published: 14 Jun 2021
  • Country: Portugal
Abstract
Para o controlo da pandemia causada pelo SARS-CoV-2, causador da doença COVID-19, foram adotadas medidas de prevenção da transmissão viral. Fazem parte destas medidas de transmissão viral o uso de máscara, a higienização frequente das mãos, o distanciamento físico de 1,5 a 2 metros, a limpeza rigorosa de superfícies, a higiene respiratória, testagem, rastreamento de contactos e isolamento. Outras medidas como confinamento, teletrabalho e proibição de circulação entre concelhos também foram adotadas. Foram analisados os testes para diagnóstico de vírus respiratórios, como Influenza, VSR, Parainfluenza, Metapneumovírus, Adenovírus e Enterovírus, desde 1 de janeiro de 2018 a 30 de março de 2021 e as amostras foram submetidas a técnicas de RT-PCR como método de diagnóstico preferencial. Os dados indicam que a partir do mês de abril de 2020 vírus como Influenza, VSR, Metapneumovírus e Parainfluenza não foram detetados em amostras do CHUCB. Os vírus Adenovírus e Enterovírus foram os únicos vírus detetados. Podemos concluir que as medidas adotadas para a mitigação do SARS-CoV-2 poderão ter mitigado também a transmissão dos vírus que apresentam vias aéreas de disseminação. Os vírus que apresentam outras vias alternativas á via aérea, como a via de transmissão oralfecal continuaram a ser detetados. Esta avaliação do impacto das medidas carece de mais estudos, como por exemplo, a avaliação do impacto sem estas medidas na população. In order to control the pandemic caused by SARS-CoV-2, which causes de COVID-19 disease, some measures were taken to prevent viral transmission. These measures include wearing mask, hand hygiene, physical distance of 1,5 to 2 meters, strict cleaning surfaces, respiratory hygiene, testing, contact tracking and isolation. Other measures were also taken like confinement, teleworking and forbiding travelling beween cities. Tests for the diagnosis of respiratory viruses, such as Influenza, RSV, Parainfluenza, Metapneumovirus, Adenovirus and Enterovirus, from January 1, 2018 to March 30, 2021 were evaluated and how they were subjected to RT-PCR techniques as the preferred diagnosis. The data indicate that as of April 2020, viruses such as Influenza, RSV, Metapneumovirus and Parainfluenza were not detected by CHUCB. The adenovirus and enterovirus viruses were the only viruses detected. Data indicates that as of April 2020, virus such as Influenza, RSV, Metapneumovirus and Parainfluenza were not detected by CHUCB. Adenovirus and enterovirus viruses were the only viruses detected. We can conclude that the measures adopted to mitigate SARS-CoV-2 may also mitigated the transmission of viruses that have airways of dissemination. Viruses that present other alternative routes to the airways, such as the fecal-oral route of transmission, continued to be detected. This assessment of the impact of the measures requires further studies, such as, the assessment of the impact without these measures on the population.
Subjects
Medical Subject Headings: virusesvirus diseases
free text keywords: Deteção, Medidas de Prevenção, Rt-Pcr, Sars-Cov-2, Vírus Respiratórios, Domínio/Área Científica::Engenharia e Tecnologia::Bioquímica
Related Organizations
Communities
  • COVID-19
Any information missing or wrong?Report an Issue