publication . Master thesis . 2021

Género, Contextos e Percursos

Félix, Maria Luísa Cantante;
Open Access Portuguese
  • Published: 11 Oct 2021
  • Country: Portugal
Abstract
A presente dissertação tem como objetivo compreender como é que as famílias com filhos da região das Beiras e Serra da Estrela vivem a conjugalidade e a parentalidade, procurando também saber o impacto de contextos de crise na vida familiar (a crise económica de 2011-2014 e a crise atual da pandemia de Covid-19). Adotamos uma metodologia qualitativa, através de entrevistas em profundidade, a fim de conhecer as experiências subjetivas de parentalidade dos homens e das mulheres entrevistados. Os seis casos analisados foram obtidos através do trabalho de campo mais amplo realizado, enquanto bolseira de investigação, no âmbito do projeto PARENT. Sem pretensões de representatividade estatística, procuráramos, contudo, recolher uma amostra diversificada do ponto de vista do género e dos contextos sociais de classe, de acordo com as principais questões da pesquisa. Os dados recolhidos apontam para uma sobreposição de valores e práticas de cariz modernista e tradicionalista, tanto na vivência da vida a dois como na parentalidade. Por um lado, persistem valores e práticas mais tradicionalistas em casais mais velhos e menos escolarizados, tanto na divisão do trabalho doméstico como nos cuidados e educação dos filhos, sendo as mulheres as principais responsáveis pela casa e pelos filhos enquanto os homens assumem tarefas mais lúdicas. Por outro, nos casais mais novos, e sobretudo mais escolarizados, surgem práticas de divisão conjugal mais igualitárias, tanto do trabalho doméstico como dos cuidados aos filhos, no quadro de valores companheiristas. No que concerne às crises, tanto a de 2011-2014, como a pandemia Covid-19 tiveram impactos a nível laboral. Se a primeira afetou os menos escolarizados, dos sectores operários, a segunda afetou sobretudo os mais jovens, e mais qualificados, levando a situações de desemprego ou perda de rendimentos devido ao fecho de pequenos negócios. Assim, foi a crise pandémica que mais afetou os ideais e as intenções reprodutivas, adiando a transição para o segundo filho nos casais pesquisados com idades próximas dos 40 anos. This dissertation aims to understand how families with children in the Beiras e Serra da Estrela region live their conjugality and parenthood, also seeking to know the impact of crisis’s contexts on family life (the economic crisis of 2011-2014 and the current crisis of the Covid-19 pandemic). We adopted a qualitative methodology, through in-depth interviews, in order to know the subjective experiences of parenting of the men and women interviewed. The six cases analyzed were obtained through the broader field work carried out, as a research fellow, within the scope of the PARENT project. With no pretensions of statistical representation, we sought, however, to collect a diverse sample from the point of view of gender and social class contexts, according to the main research questions. The collected data point to an overlapping of values and practices of a modernist and traditionalist nature, both in the life experience as a couple and in parenting. On the one hand, more traditionalist values and practices persist in older and less educated couples, both in the division of domestic work and in the care and education of children, with women being the main responsible for the house and children while men assume more playful tasks. On the other hand, in younger couples, and above all more educated, more egalitarian practices of marital division emerge, both in terms of domestic work and childcare, within the framework of companion values. With regard to the crises, both the 2011-2014 and the Covid-19 pandemic had impacts at the labor level. If the first affected the less educated, in the labor sectors, the second mainly affected the younger and more qualified, leading to situations of unemployment or loss of income due to the closing of small businesses. Thus, it was the pandemic crisis that most affected reproductive ideals and intentions, postponing the transition to a second child in the surveyed couples aged close to 40 years.
Subjects
free text keywords: Crises, Decisões e Intenções Reprodutivas, Família, Género, Masculinidades de Cuidado, Pandemia Covid-19, Parentalidade, Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Sociologia::Exclusões e Políticas Sociais
Related Organizations
Communities
  • COVID-19
Any information missing or wrong?Report an Issue