Advanced search in Research products
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
The following results are related to COVID-19. Are you interested to view more results? Visit OpenAIRE - Explore.
12,662 Research products, page 1 of 1,267

  • COVID-19
  • Publications
  • Research software
  • 2013-2022
  • Open Access
  • Portuguese

10
arrow_drop_down
Date (most recent)
arrow_drop_down
  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Teodorovicz, Jeferson; Pereira Valadão, Marcos Aurélio; de Moura Borges, Antônio;
    Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    O presente trabalho investiga, a partir de uma perspectiva instrumental de Políticas Públicas, o papel que a tributação pode – ou deve – desempenhar no combate a crises estruturais, especialmente considerando a pandemia gerada pelo coronavírus (COVID-19). Em análise que adota o método hipotético-dedutivo, considera-se que a tributação, enquanto mecanismo de Políticas Públicas, apresenta papel elementar no combate às externalidades negativas geradas pela pandemia, especialmente através do reconhecimento das importantes funções (sobretudo extrafiscais) a serem desempenhadas pela tributação. A Política Tributária Anticíclica, nesse contexto, serve aos propósitos contemporâneos de combate à pandemia. Nessa linha, interessa observar como o Brasil tem refletido – no substrato tributário – para alcançar tal finalidade. Finalmente, o trabalho analisa as recentes medidas tributárias legais e infralegais adotadas para o combate à crise, assim como recentes proposições de leis e propostas oriundas de setores representativos do Fisco, considerando também a experiência dos países membros da OECD com o mesmo propósito. This article seeks to demonstrate, through the present research, the instrumental role of Public Policies in the field of taxation, especially aimed at combating the pandemic brought about by the spread of the coronavirus (COVID-19). Taxation has always been a notable vehicle for creating public policies, whether in the field of taxation or extrafiscality. Thus, the method chosen for investigation is the hypothetical-deductive, with resources centered on national and foreign bibliographic, legislative and documentary surveys that can help in understanding the hypothesis (and the research object) proposed here: public tax policies are valuable tools to combat the effects of the coronavirus pandemic. The confirmation or not of this hypothesis will be demonstrated through the development of the present work. Taxation can perform different functions (or purposes), highlighting, in the present paper, extrafiscality, which can and should enable ways to face structural crises, such as the pandemic caused by the coronavirus. KEYWORDS: Public policies. Extrafiscality. COVID-19. Taxation. Brazil.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Bonizzato, Luigi; Nehab, Marcio Fernandes;
    Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

    A presente pesquisa objetiva examinar uma específica e direcionada relação entre determinados direitos fundamentais, como, de um lado, os relativos a liberdades e integridade física e, de outro, os relativos à vida, à saúde e ao bem-estar social. Entretanto, toda essa análise voltada para uma meta maior e grande cerne deste trabalho: o apontamento da relevância e magnitude da imunização pelo ato de vacinação, o qual deve, por meio de reforma à Constituição, tornar-se obrigatório no país. Nessa linha, o presente Artigo, além de explanar e teorizar, apresenta-se como propositivo, sobretudo ao expressamente trazer uma minuta, ou seja, um projeto de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), a incidir sobre a Constituição do Brasil de 1988. Fez-se uso de método dedutivo analítico e, paralelamente, indutivo, a fim de que se pudesse chegar a novas conclusões e proposições, especialmente ligadas à vacinação. E isso, sem se esquecer de fazer menção à incidência e fenômeno nacional e global da Covid-19 e alguns de seus desdobramentos, sobretudo no Brasil. Exames técnicos-jurídicos e médicos, labutados e exibidos em convergência, embasaram o Artigo e as conclusões finais, segundo as quais deve ser obrigatória a vacinação, a partir do fornecimento de todas as condições à população, pelo Estado brasileiro.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Dos Santos Cardoso, Paula Phernanda; Paraiso Alves, Marcelo;
    Publisher: Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF

    O presente estudo tem como centralidade as políticaspráticas para educandos com indicadores de altas habilidades/superdotação da Secretaria Municipal de Educação Ciência e Tecnologia do município de Angra dos Reis-RJ. Deste modo foi realizada uma investigação, a partir de revisão bibliográfica e análise documental, sendo conduzida pelos pressupostos das pesquisas nos/dos/com os cotidianos em uma unidade pioneira e de referência no atendimento, localizada na cidade de Angra dos Reis – RJ. Salientamos que este estudo foi submetido ao comitê de ética de pesquisa do Centro Universitário de Volta Redonda, sendo aprovado sob o registro CAAE:40742520.0.0000.5237. A investigação demonstrou a busca do referido município em oferecer atendimento a este público da educação especial.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Calvetti, Fernando dos Santos; Schmila, Allan Matheus;
    Publisher: Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul

    RESUMO O presente trabalho se insere numa pesquisa maior ainda em estágio inicial, e analisa as relações de planejamento e mobilidade entre centro e periferia. Tendo a cidade de Porto Alegre como recorte territorial, revisitamos os planos propostos para a cidade, buscando destacar como as áreas centrais foram beneficiadas ao longo do tempo, e como hoje isso se traduz em dificuldades de mobilidade, emprego, renda e habitação para populações periféricas. No campo propositivo, nos detivemos à apresentação, ainda embrionária, de ideias alternativas ao zoneamento por usos típico do planejamento das cidades brasileiras ao longo do século XX. Ao mesmo tempo, entendemos que novas possibilidades e relações foram estabelecidas e ampliadas na atual situação da pandemia mundial, como o trabalho e estudo remotos. Tais fatores se apresentam como capazes de acelerar a fragmentação de fluxos na cidade e descentralização física de determinados usos, ocupações e atividades, dando tração a um movimento anterior à própria pandemia e característica do atual processo de avanços tecnológicos comumente resumidos na expressão “indústria 4.0”. Detemo-nos, a nível de dados, à proposta do Plano de Mobilidade Urbana de 2018. Palavras-chave: Desenvolvimento urbano. Planejamento urbano. Porto Alegre. ABSTRACT The present work is part of a larger research that is still in its initial stage, and analyzes the planning and mobility relations between center and periphery. Having the city of Porto Alegre as a territorial cut, we revisit the plans proposed for the city, seeking to highlight how the central areas have benefited over time, and how today this translates into difficulties in mobility, employment, income and housing for peripheral populations. In the propositional field, we stopped at the presentation, still embryonic, of alternative ideas to the zoning by uses typical of the planning of Brazilian cities throughout the 20th century. At the same time, we understand that new possibilities and relationships have been established and expanded in the current situation of the world pandemic, such as remote work and study. Such factors present themselves as capable of accelerating the fragmentation of flows in the city and physical decentralization of certain uses, occupations and activities, giving traction to a movement prior to the pandemic itself and characteristic of the current process of technological advances commonly summarized in the expression “industry 4.0”. In terms of data, we focus on the proposal of the 2018 Urban Mobility Plan. Keywords: Urban Development. Urban planning. Porto Alegre.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    dos Santos Silva, Laisa; Alves Aguiar Carvalho, Maria de Fátima; Sá Ribeiro, Marta Victória; Coelho de Souza, Iris Caliane; Gonçalves da Silva , Bianca Shauane; Santos Almeida, Geovanna Májory; da Paixão Rodrigues, Maria; Barbosa Nunes, Natalia; Alves Coelho, Asenatty Mariana; da Silva Nascimento, Maria Roberta;
    Publisher: Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF

    A missão de um projeto de extensão é devolver à sociedade a oportunidade de aprendizado, desenvolvendo boas práticas, fortalecendo o Sistema Único de Saúde e a formação profissional. A Educação Permanente em Saúde traz como proposição a aprendizagem no trabalho cotidiano comprometido com o coletivo, envolve mudança nos atos de saúde e, principalmente, nos profissionais. Este estudo objetivou relatar experiências de atividades extensionistas voltadas para a capacitação de Agentes Comunitários de Saúde e Técnicos de Enfermagem no manejo, cuidado e prevenção de feridas. Estudo descritivo tipo relato de experiência, desenvolvido em uma Unidade Básica de Saúde do município de Petrolina-PE. Participaram do projeto oito agentes comunitários de saúde, dois técnicos de enfermagem, 10 alunas de três universidades, duas públicas e uma privada, três professoras, sendo uma a coordenadora. As atividades foram divididas em dois grupos tarefas e contemplaram atribuições presenciais e remotas/online. Foram elaboradas publicações nas redes sociais e duas cartilhas educativas sobre feridas. Os encontros presenciais ocorreram em cinco momentos com média de duração de duas horas cada. A metodologia ativa empregada facilitou a aproximação e entrosamento entre profissionais e extensionistas, enriquecendo exposições, opiniões, visto que todos os participantes possuíam conhecimento prévio sobre as temáticas abordadas, de acordo com sua formação e experiências. Por fim, os colaboradores se sentiram valorizados e mais motivados a cuidar de pessoas com feridas. A maior dificuldade na execução das atividades propostas foi realizá-las em meio à pandemia da COVID-19, pois requereu adaptação para os encontros presenciais, porém, ainda assim, transcorreu sem grandes prejuízos.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Adriana Valéria Santos Diniz; Maria Aparecida Nunes Pereira; Anielson Barbosa da Silva; Gabriela Tavares dos Santos; Maria das Graças Gonçalves Vieira Guerra; Kathy Souza Xavier de Araújo; Luziel Augusto da Silva;
    Publisher: Zenodo

    Este anexo objetiva apresentar as ações desenvolvidas pela equipe de pesquisadores do Produto 3, do eixo de Assistência Técnica, para o alcance da meta pactuada no âmbito do subproduto 3.2, a saber: 09 (nove) visitas in loco previstas no produto 3.2. Considerando o contexto da Pandemia do Covid-19, foram realizados alguns ajustes que não comprometeram os resultados finais previstos no projeto, uma vez que os objetivos previstos relacionados com esta meta foram alcançados, sobretudo o desenvolvimento do sistema de monitoramento da gestão do PDDE e suas Ações Integradas.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Carlos Leite; Cristiana Morais; Rita Calisto; Diana Rocha; Ana Vasques; Marta Lagoa; Lisa Pires; Manuel Morais; Rui Costa; Luús Rocha; +1 more
    Publisher: Ajeogene Serviços Médicos Lda

    ABSTRACT Introduction The COVID-19 pandemic had a major impact on the mental health of workers, in particular healthcare professionals. The social isolation used as a mitigation measure against infection contributed to a reduction in sleep quality, and an increase in depressive symptoms, anxiety, and burnout. Objectives The aims of this study are to assess the impact of isolation and quarantine on the mental health and sleep quality of healthcare professionals in a Portuguese Oncology Institute. Material and Methods An online form was distributed to all healthcare professionals who were in isolation or quarantine during the year 2020 in the IPO-Porto, consisting of three instruments- sociodemographic survey, Mental Health Inventory (MHI) and Basic Insomnia and Sleep Quality Scale (BaSIQS). Data were collected in two moments, from July 25 to December 25, 2020, and in December 2021. Results A total of 359 healthcare professionals were identified (151 by isolation and 208 by quarantine). In the 2020 analysis, 115 responses were obtained (54 by isolation and 61 by quarantine), resulting in a response rate of 32.0%. In the 2021 analysis, 76 responses were obtained with a response rate of 21.1%. Regarding the healthcare professionals in our study, the dimensions that make up the psychological stress of the MHI, show an improvement after the first year of the pandemic, as well as an improvement in the mean total MHI value from 2020 to 2021. Sleep quality (assessed by the BaSIQS) is in the poor-to-intermediate category in the 2020 assessment. Although the 2021 assessment shows a slightly better mean, there is no statistically significant difference between the two. In this sample of health professionals, mental health and sleep quality correlated for the instruments used. Discussion and conclusions Insomnia and sleep quality are a modifiable factor of mental health, with an impact on the quality of life and productivity of healthcare professionals. Social isolation as a disruptor of sleep, daily routine and healthy interaction in work teams may be a factor that aggravates psychological distress. The investment in mental health promotion programs, as well as the coordination of multidisciplinary teams composed of Psychology, Medicine and Occupational Nursing are essential in the monitoring and surveillance of these workers’ health. KEY WORDS: Mental Health, Healthcare Professionals, Occupational Psychology, COVID-19, Occupational Medicine, Occupational Health.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Melo, Savana Diniz Gomes; Sousa, Joceli de Fátima Arruda; Vale, Andréa Araujo do;
    Publisher: ANPAE - Associação Nacional de Política e Administração da Educação

    O artigo problematiza o trabalho docente na educação superior no Brasil, a partir da sua reorganização no período da pandemia de COVID-19. É fundado em pesquisa bibliográfica e documental. Utiliza fontes secundárias, como artigos, documentos dos sindicatos patronais, material jornalístico sindical, etc. Como resultado, identifica tendências e confirma a premissa de que a pandemia é operada - seguindo a Doutrina do Choque - como oportunidade para a expansão da educação a distância nos setores público e privado e avançou nas consequências lesivas para o trabalho e para a saúde dos docentes. 

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Anna Lethycia Figueiredo Coriolano;
    Publisher: Universidade Federal do Tocantins

    INTRODUÇÃO: No cenário da pandemia da COVID19, a evasão de atendimento hospitalar é uma realidade. Devido a esse contexto, os diagnósticos e o rastreamento de patologias não são realizados como deveriam. O Câncer de Próstata (CP) é a segunda classe de câncer mais recorrente em homens, mundialmente. OBJETIVOS: Identificar a alteração na incidência e nos números previstos pelo INCA de internações hospitalares e diagnósticos de Neoplasia Maligna Prostática pelo DATASUS nos anos que duram a pandemia do COVID 19. METODOLOGIA: Realizado através de corte transversal, com abordagem quantitativa, descritiva e retrospectiva com os dados disponíveis no SINAN/DATASUS e no INCA. Os dados foram exportados para o Microsoft Excel 2013, onde foram realizadas as análises quantitativas.RESULTADOS: Pelos dados do DATASUS sobre internações por CA de próstata e procedimentos eletivos devido ao mesmo, vemos um aumento progressivo até o ano de 2019 (aumento de 17%). Com uma queda comparado a 2020 (queda de 14%). As estimativas do INCA sobre novos casos de CP, percebemos uma diminuição de aproximadamente 0,6%, enquanto que ao se comparar os dados de internação do DATASUS, vemos uma diminuição de aproximadamente 7,9%, configurando uma queda cerca de 13 vezes maior do que o esperado.DISCUSSÃO: Devido a Pandemia do SARS-COV-2, houve uma evasão dos hospitais para os pacientes em geral, devido ao medo da contaminação com o vírus. Isso, diminuiu a busca por consultas eletivas também, diminuindo o número de check-ups, exames de rotina, e queixas “não urgentes”, isto, quando falado em serviços hospitalares. CONCLUSÃO: Portanto, levando-se em consideração tal porcentagem, mesmo que a evolução da maioria das neoplasias prostáticas seja insidiosa, o adiamento não só do diagnóstico, mas também do tratamento, podem gerar desfechos trágicos para os pacientes, que se, aplicados para uma grande população como a suposta nesta análise, poderia gerar uma “nova pandemia” de neoplasias no futuro Palavras-Chave: Epidemiologia, Pandemia, COVID19, Câncer de Próstata.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Souza, Fábio Araujo de;
    Publisher: ANPAE - Associação Nacional de Política e Administração da Educação

    O presente artigo apresenta uma pesquisa que analisou criticamente as despesas pagas com receitas da vinculação mínima obrigatória de impostos para o ensino no ano de 2020, dos governos municipais da região da Baixada Litorânea fluminense, marcado pelo contexto da pandemia de COVID-19. Ficou constatado que, dos 10 governos municipais, seis deixaram de investir no ensino não presencial. Os quatro governos que investiram aplicaram poucos recursos para esse fim. A maioria dos 10 governos investiu em despesas indevidas, ilegais e inadequadas em um contexto da pandemia.

Advanced search in Research products
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
The following results are related to COVID-19. Are you interested to view more results? Visit OpenAIRE - Explore.
12,662 Research products, page 1 of 1,267
  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Teodorovicz, Jeferson; Pereira Valadão, Marcos Aurélio; de Moura Borges, Antônio;
    Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    O presente trabalho investiga, a partir de uma perspectiva instrumental de Políticas Públicas, o papel que a tributação pode – ou deve – desempenhar no combate a crises estruturais, especialmente considerando a pandemia gerada pelo coronavírus (COVID-19). Em análise que adota o método hipotético-dedutivo, considera-se que a tributação, enquanto mecanismo de Políticas Públicas, apresenta papel elementar no combate às externalidades negativas geradas pela pandemia, especialmente através do reconhecimento das importantes funções (sobretudo extrafiscais) a serem desempenhadas pela tributação. A Política Tributária Anticíclica, nesse contexto, serve aos propósitos contemporâneos de combate à pandemia. Nessa linha, interessa observar como o Brasil tem refletido – no substrato tributário – para alcançar tal finalidade. Finalmente, o trabalho analisa as recentes medidas tributárias legais e infralegais adotadas para o combate à crise, assim como recentes proposições de leis e propostas oriundas de setores representativos do Fisco, considerando também a experiência dos países membros da OECD com o mesmo propósito. This article seeks to demonstrate, through the present research, the instrumental role of Public Policies in the field of taxation, especially aimed at combating the pandemic brought about by the spread of the coronavirus (COVID-19). Taxation has always been a notable vehicle for creating public policies, whether in the field of taxation or extrafiscality. Thus, the method chosen for investigation is the hypothetical-deductive, with resources centered on national and foreign bibliographic, legislative and documentary surveys that can help in understanding the hypothesis (and the research object) proposed here: public tax policies are valuable tools to combat the effects of the coronavirus pandemic. The confirmation or not of this hypothesis will be demonstrated through the development of the present work. Taxation can perform different functions (or purposes), highlighting, in the present paper, extrafiscality, which can and should enable ways to face structural crises, such as the pandemic caused by the coronavirus. KEYWORDS: Public policies. Extrafiscality. COVID-19. Taxation. Brazil.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Bonizzato, Luigi; Nehab, Marcio Fernandes;
    Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

    A presente pesquisa objetiva examinar uma específica e direcionada relação entre determinados direitos fundamentais, como, de um lado, os relativos a liberdades e integridade física e, de outro, os relativos à vida, à saúde e ao bem-estar social. Entretanto, toda essa análise voltada para uma meta maior e grande cerne deste trabalho: o apontamento da relevância e magnitude da imunização pelo ato de vacinação, o qual deve, por meio de reforma à Constituição, tornar-se obrigatório no país. Nessa linha, o presente Artigo, além de explanar e teorizar, apresenta-se como propositivo, sobretudo ao expressamente trazer uma minuta, ou seja, um projeto de Proposta de Emenda à Constituição (PEC), a incidir sobre a Constituição do Brasil de 1988. Fez-se uso de método dedutivo analítico e, paralelamente, indutivo, a fim de que se pudesse chegar a novas conclusões e proposições, especialmente ligadas à vacinação. E isso, sem se esquecer de fazer menção à incidência e fenômeno nacional e global da Covid-19 e alguns de seus desdobramentos, sobretudo no Brasil. Exames técnicos-jurídicos e médicos, labutados e exibidos em convergência, embasaram o Artigo e as conclusões finais, segundo as quais deve ser obrigatória a vacinação, a partir do fornecimento de todas as condições à população, pelo Estado brasileiro.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Dos Santos Cardoso, Paula Phernanda; Paraiso Alves, Marcelo;
    Publisher: Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF

    O presente estudo tem como centralidade as políticaspráticas para educandos com indicadores de altas habilidades/superdotação da Secretaria Municipal de Educação Ciência e Tecnologia do município de Angra dos Reis-RJ. Deste modo foi realizada uma investigação, a partir de revisão bibliográfica e análise documental, sendo conduzida pelos pressupostos das pesquisas nos/dos/com os cotidianos em uma unidade pioneira e de referência no atendimento, localizada na cidade de Angra dos Reis – RJ. Salientamos que este estudo foi submetido ao comitê de ética de pesquisa do Centro Universitário de Volta Redonda, sendo aprovado sob o registro CAAE:40742520.0.0000.5237. A investigação demonstrou a busca do referido município em oferecer atendimento a este público da educação especial.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Calvetti, Fernando dos Santos; Schmila, Allan Matheus;
    Publisher: Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul

    RESUMO O presente trabalho se insere numa pesquisa maior ainda em estágio inicial, e analisa as relações de planejamento e mobilidade entre centro e periferia. Tendo a cidade de Porto Alegre como recorte territorial, revisitamos os planos propostos para a cidade, buscando destacar como as áreas centrais foram beneficiadas ao longo do tempo, e como hoje isso se traduz em dificuldades de mobilidade, emprego, renda e habitação para populações periféricas. No campo propositivo, nos detivemos à apresentação, ainda embrionária, de ideias alternativas ao zoneamento por usos típico do planejamento das cidades brasileiras ao longo do século XX. Ao mesmo tempo, entendemos que novas possibilidades e relações foram estabelecidas e ampliadas na atual situação da pandemia mundial, como o trabalho e estudo remotos. Tais fatores se apresentam como capazes de acelerar a fragmentação de fluxos na cidade e descentralização física de determinados usos, ocupações e atividades, dando tração a um movimento anterior à própria pandemia e característica do atual processo de avanços tecnológicos comumente resumidos na expressão “indústria 4.0”. Detemo-nos, a nível de dados, à proposta do Plano de Mobilidade Urbana de 2018. Palavras-chave: Desenvolvimento urbano. Planejamento urbano. Porto Alegre. ABSTRACT The present work is part of a larger research that is still in its initial stage, and analyzes the planning and mobility relations between center and periphery. Having the city of Porto Alegre as a territorial cut, we revisit the plans proposed for the city, seeking to highlight how the central areas have benefited over time, and how today this translates into difficulties in mobility, employment, income and housing for peripheral populations. In the propositional field, we stopped at the presentation, still embryonic, of alternative ideas to the zoning by uses typical of the planning of Brazilian cities throughout the 20th century. At the same time, we understand that new possibilities and relationships have been established and expanded in the current situation of the world pandemic, such as remote work and study. Such factors present themselves as capable of accelerating the fragmentation of flows in the city and physical decentralization of certain uses, occupations and activities, giving traction to a movement prior to the pandemic itself and characteristic of the current process of technological advances commonly summarized in the expression “industry 4.0”. In terms of data, we focus on the proposal of the 2018 Urban Mobility Plan. Keywords: Urban Development. Urban planning. Porto Alegre.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    dos Santos Silva, Laisa; Alves Aguiar Carvalho, Maria de Fátima; Sá Ribeiro, Marta Victória; Coelho de Souza, Iris Caliane; Gonçalves da Silva , Bianca Shauane; Santos Almeida, Geovanna Májory; da Paixão Rodrigues, Maria; Barbosa Nunes, Natalia; Alves Coelho, Asenatty Mariana; da Silva Nascimento, Maria Roberta;
    Publisher: Universidade Federal do Vale do São Francisco-UNIVASF

    A missão de um projeto de extensão é devolver à sociedade a oportunidade de aprendizado, desenvolvendo boas práticas, fortalecendo o Sistema Único de Saúde e a formação profissional. A Educação Permanente em Saúde traz como proposição a aprendizagem no trabalho cotidiano comprometido com o coletivo, envolve mudança nos atos de saúde e, principalmente, nos profissionais. Este estudo objetivou relatar experiências de atividades extensionistas voltadas para a capacitação de Agentes Comunitários de Saúde e Técnicos de Enfermagem no manejo, cuidado e prevenção de feridas. Estudo descritivo tipo relato de experiência, desenvolvido em uma Unidade Básica de Saúde do município de Petrolina-PE. Participaram do projeto oito agentes comunitários de saúde, dois técnicos de enfermagem, 10 alunas de três universidades, duas públicas e uma privada, três professoras, sendo uma a coordenadora. As atividades foram divididas em dois grupos tarefas e contemplaram atribuições presenciais e remotas/online. Foram elaboradas publicações nas redes sociais e duas cartilhas educativas sobre feridas. Os encontros presenciais ocorreram em cinco momentos com média de duração de duas horas cada. A metodologia ativa empregada facilitou a aproximação e entrosamento entre profissionais e extensionistas, enriquecendo exposições, opiniões, visto que todos os participantes possuíam conhecimento prévio sobre as temáticas abordadas, de acordo com sua formação e experiências. Por fim, os colaboradores se sentiram valorizados e mais motivados a cuidar de pessoas com feridas. A maior dificuldade na execução das atividades propostas foi realizá-las em meio à pandemia da COVID-19, pois requereu adaptação para os encontros presenciais, porém, ainda assim, transcorreu sem grandes prejuízos.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Adriana Valéria Santos Diniz; Maria Aparecida Nunes Pereira; Anielson Barbosa da Silva; Gabriela Tavares dos Santos; Maria das Graças Gonçalves Vieira Guerra; Kathy Souza Xavier de Araújo; Luziel Augusto da Silva;
    Publisher: Zenodo

    Este anexo objetiva apresentar as ações desenvolvidas pela equipe de pesquisadores do Produto 3, do eixo de Assistência Técnica, para o alcance da meta pactuada no âmbito do subproduto 3.2, a saber: 09 (nove) visitas in loco previstas no produto 3.2. Considerando o contexto da Pandemia do Covid-19, foram realizados alguns ajustes que não comprometeram os resultados finais previstos no projeto, uma vez que os objetivos previstos relacionados com esta meta foram alcançados, sobretudo o desenvolvimento do sistema de monitoramento da gestão do PDDE e suas Ações Integradas.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Carlos Leite; Cristiana Morais; Rita Calisto; Diana Rocha; Ana Vasques; Marta Lagoa; Lisa Pires; Manuel Morais; Rui Costa; Luús Rocha; +1 more
    Publisher: Ajeogene Serviços Médicos Lda

    ABSTRACT Introduction The COVID-19 pandemic had a major impact on the mental health of workers, in particular healthcare professionals. The social isolation used as a mitigation measure against infection contributed to a reduction in sleep quality, and an increase in depressive symptoms, anxiety, and burnout. Objectives The aims of this study are to assess the impact of isolation and quarantine on the mental health and sleep quality of healthcare professionals in a Portuguese Oncology Institute. Material and Methods An online form was distributed to all healthcare professionals who were in isolation or quarantine during the year 2020 in the IPO-Porto, consisting of three instruments- sociodemographic survey, Mental Health Inventory (MHI) and Basic Insomnia and Sleep Quality Scale (BaSIQS). Data were collected in two moments, from July 25 to December 25, 2020, and in December 2021. Results A total of 359 healthcare professionals were identified (151 by isolation and 208 by quarantine). In the 2020 analysis, 115 responses were obtained (54 by isolation and 61 by quarantine), resulting in a response rate of 32.0%. In the 2021 analysis, 76 responses were obtained with a response rate of 21.1%. Regarding the healthcare professionals in our study, the dimensions that make up the psychological stress of the MHI, show an improvement after the first year of the pandemic, as well as an improvement in the mean total MHI value from 2020 to 2021. Sleep quality (assessed by the BaSIQS) is in the poor-to-intermediate category in the 2020 assessment. Although the 2021 assessment shows a slightly better mean, there is no statistically significant difference between the two. In this sample of health professionals, mental health and sleep quality correlated for the instruments used. Discussion and conclusions Insomnia and sleep quality are a modifiable factor of mental health, with an impact on the quality of life and productivity of healthcare professionals. Social isolation as a disruptor of sleep, daily routine and healthy interaction in work teams may be a factor that aggravates psychological distress. The investment in mental health promotion programs, as well as the coordination of multidisciplinary teams composed of Psychology, Medicine and Occupational Nursing are essential in the monitoring and surveillance of these workers’ health. KEY WORDS: Mental Health, Healthcare Professionals, Occupational Psychology, COVID-19, Occupational Medicine, Occupational Health.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Melo, Savana Diniz Gomes; Sousa, Joceli de Fátima Arruda; Vale, Andréa Araujo do;
    Publisher: ANPAE - Associação Nacional de Política e Administração da Educação

    O artigo problematiza o trabalho docente na educação superior no Brasil, a partir da sua reorganização no período da pandemia de COVID-19. É fundado em pesquisa bibliográfica e documental. Utiliza fontes secundárias, como artigos, documentos dos sindicatos patronais, material jornalístico sindical, etc. Como resultado, identifica tendências e confirma a premissa de que a pandemia é operada - seguindo a Doutrina do Choque - como oportunidade para a expansão da educação a distância nos setores público e privado e avançou nas consequências lesivas para o trabalho e para a saúde dos docentes. 

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Anna Lethycia Figueiredo Coriolano;
    Publisher: Universidade Federal do Tocantins

    INTRODUÇÃO: No cenário da pandemia da COVID19, a evasão de atendimento hospitalar é uma realidade. Devido a esse contexto, os diagnósticos e o rastreamento de patologias não são realizados como deveriam. O Câncer de Próstata (CP) é a segunda classe de câncer mais recorrente em homens, mundialmente. OBJETIVOS: Identificar a alteração na incidência e nos números previstos pelo INCA de internações hospitalares e diagnósticos de Neoplasia Maligna Prostática pelo DATASUS nos anos que duram a pandemia do COVID 19. METODOLOGIA: Realizado através de corte transversal, com abordagem quantitativa, descritiva e retrospectiva com os dados disponíveis no SINAN/DATASUS e no INCA. Os dados foram exportados para o Microsoft Excel 2013, onde foram realizadas as análises quantitativas.RESULTADOS: Pelos dados do DATASUS sobre internações por CA de próstata e procedimentos eletivos devido ao mesmo, vemos um aumento progressivo até o ano de 2019 (aumento de 17%). Com uma queda comparado a 2020 (queda de 14%). As estimativas do INCA sobre novos casos de CP, percebemos uma diminuição de aproximadamente 0,6%, enquanto que ao se comparar os dados de internação do DATASUS, vemos uma diminuição de aproximadamente 7,9%, configurando uma queda cerca de 13 vezes maior do que o esperado.DISCUSSÃO: Devido a Pandemia do SARS-COV-2, houve uma evasão dos hospitais para os pacientes em geral, devido ao medo da contaminação com o vírus. Isso, diminuiu a busca por consultas eletivas também, diminuindo o número de check-ups, exames de rotina, e queixas “não urgentes”, isto, quando falado em serviços hospitalares. CONCLUSÃO: Portanto, levando-se em consideração tal porcentagem, mesmo que a evolução da maioria das neoplasias prostáticas seja insidiosa, o adiamento não só do diagnóstico, mas também do tratamento, podem gerar desfechos trágicos para os pacientes, que se, aplicados para uma grande população como a suposta nesta análise, poderia gerar uma “nova pandemia” de neoplasias no futuro Palavras-Chave: Epidemiologia, Pandemia, COVID19, Câncer de Próstata.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Souza, Fábio Araujo de;
    Publisher: ANPAE - Associação Nacional de Política e Administração da Educação

    O presente artigo apresenta uma pesquisa que analisou criticamente as despesas pagas com receitas da vinculação mínima obrigatória de impostos para o ensino no ano de 2020, dos governos municipais da região da Baixada Litorânea fluminense, marcado pelo contexto da pandemia de COVID-19. Ficou constatado que, dos 10 governos municipais, seis deixaram de investir no ensino não presencial. Os quatro governos que investiram aplicaram poucos recursos para esse fim. A maioria dos 10 governos investiu em despesas indevidas, ilegais e inadequadas em um contexto da pandemia.