Advanced search in Research products
Research products
arrow_drop_down
Searching FieldsTerms
Any field
arrow_drop_down
includes
arrow_drop_down
Include:
The following results are related to COVID-19. Are you interested to view more results? Visit OpenAIRE - Explore.
5 Research products, page 1 of 1

  • COVID-19
  • Research software
  • Other research products
  • 2013-2022
  • Other ORP type
  • BR
  • Repositório Institucional da UNILA
  • COVID-19

Date (most recent)
arrow_drop_down
  • Open Access Spanish; Castilian
    Authors: 
    CILA, Centro Interdisciplinar de Letras e Artes;
    Publisher: Ahumada Cristi, Miguel Antonio
    Country: Brazil

    Esta edição do Boletim é uma bandeira com as cores da mais pura esperança de construção de um mundo que possa reconhecer a pluralidade da vida humana. “Artes e transexualidades” é um nome proposital, no plural, como reflexo das identidades sexuais de pessoas que, não conformadas com as leituras sobre a natureza, resolveram transgredir pelas artes. O gênero livre da poesia, fotografia, arte digital, pintura, performance e música –artes presentes nesta edição de Kultrun– formam uma parte expressiva dos nossos corpos que se libertam das imposições binárias da cisnormatividade. O Boletim é o acalanto. É uma singela voz que, dentro da estrutura textual-imagética, podemos utilizar para etnografar o nosso corpo, pois ser trans é sempre ser artista. Esta edição de KULTRUN também é um manifesto pela morte e existência de muitos e muitas de nós. É por Demétrio, homem trans negro brasileiro suicidado por uma sociedade transfóbica, racista e classista. É por Alexa, mulher trans negra porto-riquenha morta a tiros. É em nome de Lorena Borjas, ativista mexicana morta nos Estados Unidos pela cruel desigualdade visibilizada pela COVID-19. É por várias/os outras/os, que vivas/os ou mortas/os, são esquecidas/os por um Estado negligente no âmbito da pluralidade humana. A transexualidade, neste presente compilado artístico, é o sujeito representativo que fala, escreve e captura desde e sobre ele mesmo. É a notória realidade, que num futuro será presente nas realidades sociais que na reflexão sobre o poder da fala, sensivelmente damos visibilidades àqueles e àquelas que foram silenciados. Esta edição de Kultrun é um convite, desde a arte, para desestruturar os medos que nos abarcam e a angústia que nos acomete. Como disse a artista trans brasileira Rosa Luz: “E se a arte fosse travesti?”. Esta edição do Boletim é uma bandeira com as cores da mais pura esperança de construção de um mundo que possa reconhecer a pluralidade da vida humana. “Artes e transexualidades” é um nome proposital, no plural, como reflexo das identidades sexuais de pessoas que, não conformadas com as leituras sobre a natureza, resolveram transgredir pelas artes. O gênero livre da poesia, fotografia, arte digital, pintura, performance e música –artes presentes nesta edição de Kultrun– formam uma parte expressiva dos nossos corpos que se libertam das imposições binárias da cisnormatividade. O Boletim é o acalanto. É uma singela voz que, dentro da estrutura textual-imagética, podemos utilizar para etnografar o nosso corpo, pois ser trans é sempre ser artista. Esta edição de KULTRUN também é um manifesto pela morte e existência de muitos e muitas de nós. É por Demétrio, homem trans negro brasileiro suicidado por uma sociedade transfóbica, racista e classista. É por Alexa, mulher trans negra porto-riquenha morta a tiros. É em nome de Lorena Borjas, ativista mexicana morta nos Estados Unidos pela cruel desigualdade visibilizada pela COVID-19. É por várias/os outras/os, que vivas/os ou mortas/os, são esquecidas/os por um Estado negligente no âmbito da pluralidade humana. A transexualidade, neste presente compilado artístico, é o sujeito representativo que fala, escreve e captura desde e sobre ele mesmo. É a notória realidade, que num futuro será presente nas realidades sociais que na reflexão sobre o poder da fala, sensivelmente damos visibilidades àqueles e àquelas que foram silenciados. Esta edição de Kultrun é um convite, desde a arte, para desestruturar os medos que nos abarcam e a angústia que nos acomete. Como disse a artista trans brasileira Rosa Luz: “E se a arte fosse travesti?”.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Oliveira, Renata Peixoto de;
    Publisher: Renata Peixoto de Oliveira
    Country: Brazil

    Clipping de notícias sobre a pandemia da COVID-19 em países da América do Sul na semana de 12 a 18 de abril de 2020. Monitoramento de notícias veiculadas em blogs, sites, portais de notícia da região sobre a situação da pandemia em países da América do Sul. O documento foi organizado pela líder do grupo de pesquisa CESPI-América do Sul, Renata Peixoto de Oliveira.

  • Other research product . Other ORP type . 2020
    Open Access Portuguese
    Authors: 
    UNILA, Diretoria de Fundação do CABiotec;
    Publisher: Diretoria da Fundação CABIOTEC-UNILA
    Country: Brazil

    O CABiotec teve a iniciativa de produzir um informativo contendo todos os serviços que estão sendo disponibilizados aos estudantes em tempos de covid-19 pela UNILA e pela cidade de Foz do Iguaçu. Com intuito de fornecer assistência e informações aos discentes de bio- tecnologia, o CABiotec tomou a iniciativa de organizar esse informativo, apresentando serviços que estão sendo prestados a comunidade acadê- mica e que poderão ser de interesse dxs alunxs do curso. Acreditamos que podemos auxiliar a comunidade estudantil no enfrentamento ao iso- lamento social com a conscientização e intermediando uma rede de apoio de estudantes de Biotecnologia - UNILA. Para brindar asistencia e información a los estudiantes de biotecnología, CABiotec tomó la iniciativa de organizar este boletín, presentando los ser- vicios que se brindan a la comunidad académica y que pueden ser de interés para los estudiantes del curso. Creemos que podemos ayudar a la comu- nidad estudiantil a enfrentar el aislamiento social con conciencia e interme- diando una red de apoyo de los estudiantes de Biotecnología - UNILA.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    CILA, Centro Interdisciplinar de Letras e Artes;
    Publisher: UNILA; CILA
    Country: Brazil

    O Boletim do Centro Interdisciplinar de Letras e Artes é um instrumento de divulgação de informações, ações e expressões artístico-culturais no âmbito das áreas de conhecimento que integram o CILA. O Boletim se publica nas línguas espanhola e portuguesa e valoriza, igualmente, a presença de outras línguas, sobretudo indígenas. Esta primera edición de 2020 es especial, puesto que la hemos dedicado a la articulación de dos hechos mundialmente importantes: el Día Internacional de la Mujer y la actual pandemia del COVID-19. Distintas voces de mujeres, madres, trabajadoras, nos narran sus experiencias, reflexiones, luchas y esperanzas desde el confinamiento en sus casas, frente los desafíos que nos ha traído el coronavirus.

  • Open Access Portuguese
    Authors: 
    Oliveira, Renata Peixoto de;
    Publisher: Renata Peixoto de Oliveira
    Country: Brazil

    Material didático referente ao primeiro módulo da disciplina obrigatória e comum a todos os cursos da UNILA, Fundamentos de América Latina 1. O material foi criado visando disponibilizar um conteúdo livre e aberto da disciplina para toda a comunidade. Este material dispõe do conteúdo e de atividades relacionadas ao primeiro módulo da disciplina ministrada pela docente Renata Peixoto de Oliveira em 2020.1, adaptadas para tempos de quarentena pelo covid-19. Seu acesso é livre e indicado para qualquer pessoa que tenha interesse em conhecer um pouco melhor a realidade Latino-americana e caribenha. Ele não é um substituto ou repositor de aulas. Lembro que nossa instituição é bilíngue e parte do material sugerido está em castelhano. As atividades podem ser realizadas individualmente ou com outras pessoas. Algumas delas apresentam sugestões de atividades recreativas, brincadeiras e material audiovisual que pode ser fonte de pesquisa e consulta. É importante lembrar que o material não tem caráter conteudista e expositivo, mas traça possibilidades de pesquisa e leituras direcionadas para determinadas atividades que visam um maior conhecimento sobre a realidade e a história de nosso continente. Quem acessa e se propõe a seguir assume, inteiramente um papel ativo em sua aprendizagem, além de multiplicador(a) do que aqui vai encontrar.